Marta Maria

Vida, Livro Aberto!

Textos

Um belo sabado
  Fomos cedo para a fazenda, leves e alegres.

Meu cunhado fez o churrasco  , e que churrasco, como ele não bebe
não tivemos carne queimada,foi muito bom.
  Fiquei deitada na rede,um belo por do sol.
Esse meu cunhado tem um lugar no meu coração.
  Não só no meu mas de todas as pessoas com  as  quais  ele convive.
   Só que houve um contratempo no dia que eles iam chegar machuquei a mão no liquidificador, tive  que ir para o hospital,perdi um pedaço de um dedo,ainda estou com curativo.
  Não me importo com o dedo,ainda existem nove, menos mal...
  

    
martamaria
Enviado por martamaria em 03/07/2014
Alterado em 03/07/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras